"TEU PRESTÍGIO É PROPORCIONAL A TUA CONDUTA"

Léo Ribeiro


POESIA DA SEMANA


O NADA
(Rodrigo Bauer)

O nada singra no sem fim das horas,
está no copo de quem já bebeu
ficou na estrada de quem foi embora
e veste as roupas de quem já morreu.

Habita as sombras, num lugar incerto
e após a chuva vai virar estio,
o nada é um pássaro de céus desertos
fazendo ninhos pra viver vazio!




RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
Autor: Aldo Chiappe

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

UM RETRATO DA NOSSA TRADIÇÃO


 
 
Se me pedissem, em apenas um retrato, que espelhasse meu sentimento sobre o momento que atravessamos em matéria de tradicionalismo, o desenho seria este do artista Vasco Machado. E o motivo da peleia? Seria alguma prenda? Algum desaforo de bolicho? Não. O motivo desta rusga chama-se VAIDADES FERIDAS.