RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
Bandeira do Rio Grande hasteada na chaminé de 92 metros do Shopping Total em Porto Alegre. Foto: Divulgação Shopping Total.

domingo, 14 de agosto de 2022

SAUDADES DE TI, MEU VELHO.

 

Bernardino Souza, meu saudoso pai. 


Eu fui criado assim, gato selvagem,
Nos arredores da cidadezinha,
Guri sempre fugido pros potreiros
Onde pastavam vacas e cavalos,
E eu por eles já sentia estima
E esse fascínio que até hoje sinto.
Nenhum cuidado me zelava a vida,
Queria era viver a liberdade,
E aprendi a defender-me dos perigos
Por puro instinto.

A importante pessoa dessa infância
Foi meu pai.
Mas meu pai era assim, a Lei, o aço,
O que não transigia em meus deveres.
Só sabe Deus o que terá passado
Em sua vida pobre. O sofrimento
Como que o dotara de uma carapaça
Que o fazia parecer imune á fome e á sede,
Pra que moldasse o corpo em argamassa.
Hoje penso que a força da cobrança
Ensinou-me a esgrimir contra a parede.

resenha do poema intitulado Meu Pai e Eu, do também saudoso Antônio Augusto "Tocaio" Ferreira