"TEU PRESTÍGIO É PROPORCIONAL A TUA CONDUTA"

Léo Ribeiro


RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA

quarta-feira, 18 de novembro de 2020

HÁ UM ANO, EM NOSSO BLOG.

 

SEGUNDA-FEIRA 18 DE NOVEMBRO DE 2019

 

TIARAYÚ VENCE O ENART

 
Fonte: RBS
 



CTG Tiarayú, de Porto Alegre, foi primeiro lugar
na modalidade Danças Tradicionais Força A
Fênix Fotografias / Divulgação

Com dezenas de apresentações que mantêm vivo o espírito tradicionalista no Estado, a edição deste ano do Encontro de Artes e Tradição (Enart), que começou na sexta-feira, foi encerrada neste domingo (17). O grande vencedor do evento foi o CTG Tiarayú, de Porto Alegre (1ª RT), primeiro lugar na modalidade considerada principal, a Danças Tradicionais Força A. Essa é a premiação que gera mais expectativa e costuma atrair mais público, conforme a organização.

O segundo colocado foi o CTG Rancho da Saudade, de Cachoeirinha (1ª RT) — que havia vencido a modalidade em 2018 —, o terceiro foi o CTG M'Bororé, de Campo Bom (30ª RT), o quarto ficou com o CTG Heróis Farroupilhas, de Caxias do Sul (25ª RT); e o quinto foi para o CTG Lalau Miranda, de Passo Fundo (7ª RT).

Na Danças Tradicionais Força B, o vencedor foi o CTG Candeeiro da Amizade, de Vera Cruz (5ªRT). O segundo colocado foi o O DTG Noel Guarany, de Santa Maria (13ª RT) e o terceiro foi CTG Laço da Amizade, de Casca (7ª RT), o quarto lugar ficou com o CTG Fronteira Aberta, de Santana do Livramento (18ª RT) e o quinto ficou com o CTG Felipe Portinho, de Marau (7ª RT). Já o melhor acampamento ficou para o CTG Adaga Velha, de Rosário do Sul (18ª RT).

Para o presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), Nairo Callegaro, a 34ª edição do evento está entre "as melhores" já realizadas.

— O nível de participação, em todas as modalidades, cresceu bastante. Isso exige dos jurados uma avaliação cada vez mais coesa. As equipes, assim como os avaliadores, estão muito bem preparadas — diz o presidente do MTG.

— A sociedade tradicionalista gaúcha está de parabéns por esse grande festival. Fizemos uma das melhores edições do Enart — completa.

O tempo aberto nos três dias do evento, realizado no Parque da Oktoberfest em Santa Cruz do Sul, também foi um ponto positivo. De acordo com o MTG, a expectativa de atrair 40 mil visitantes ao longo do encontro foi alcançada.

A edição 2019 do Enart contou com uma novidade: a abertura trouxe apresentações de duas equipes vencedoras. Além da tradicional performance do campeão de 2018 na principal categoria, Dança Tradicional Força A (o CTG Rancho da Saudade, de Cachoeirinha), o festival recebeu os ganhadores do 1º Enart Pré-Mirim, Mirim e Juvenil, disputas que ocorreram em junho passado no município de Soledade — a iniciativa visa incentivar novos talentos no movimento tradicionalista.

A disputa teve início no sábado. Conforme a organização do evento, participaram cerca de 4 mil competidores, vindos de diferentes regiões do Rio Grande do Sul. A disputa foi realizada em 10 palcos.

Evento de maior destaque no calendário tradicionalista do Estado, o Enart é realizado pelo MTG desde 1986 e promove competições de música, dança e literatura tendo como principal objetivo a valorização da cultura popular do Rio Grande do Sul. O evento também abre espaço para artistas amadores. Desde 1997, o festival é celebrado em Santa Cruz do Sul.