"TEU PRESTÍGIO É PROPORCIONAL A TUA CONDUTA"

Léo Ribeiro

RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
Honeyde e Adelar - Os Irmãos Bertussi

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

UM SHOW ESPETACULAR


Borges levou ao palco um timaço de músicos
(na foto falta a imagem do baixista)
 
O que poderia acontecer quando se unem o mais completo artista gauchesco com o melhor percussionista do Brasil,  a interpretarem um dos compositores mais terrunhos deste Estado onde florescem bons escritores?  Exatamente o que vimos ontem a noite no Theatro São Pedro. Um show espetacular.
 
Faço referências, no parágrafo acima, a Luiz Carlos Borges, Kiko Freitas e Telmo de Lima Freitas. Além destes três nomes um time de ótimos músicos proporcionaram um espetáculo inesquecível. Um dos melhores que presenciei nos últimos tempos. Emotivo, com qualidade, repertório de bom gosto, enfim, destes musicais que a gente poderia passar a noite num upa e sem se dar conta da hora.
 
Luiz Carlos Borges tem algumas qualidades que poucos artistas possuem. Ele canta bem, compõe, toca violão e gaita com maestria e suas músicas não são retas, cansativas. Por vezes vai baixando o tom de voz, acompanhado pelo instrumental, até murmurar ao microfone.  A plateia o acompanha e não se ouve um suspiro, depois, vem num crescendo até seu canto explodir em vibração. Sensacional.
 
Ao final do espetáculo que superlotou o Theatro São Pedro o mestre de cerimônias Vinícius Brun anunciou a criação do Troféu Esquilador, que será distribuído, anualmente, a quem se destacar na arte musical do Rio Grande do Sul. Este ano, o lisonjeado com tal honraria não poderia ser outro senão o próprio Telmo de Lima Freitas que, por motivos de enfermidade, não pode comparecer no show. A comenda foi entregue pelo Secretário de Cultura do Estado a sua esposa e a Kiko Freitas.
 
O CD "Jaguaretês" é excelente. Com 17 trabalhos escolhidos a dedo por Borges e que mais se identificam com o artista.  
 
Troféu Esquilador é entregue a esposa de Telmo e a Kiko Freitas
 
Fotos: Léo Ribeiro