RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
Realmente, o assunto Baiano Candinho despertou grande interesse em nossos leitores. Olhem só a verdadeira relíquia que nos chega através do meu amigo e parceiro de cavalgadas Marco Aurélio Angeli, carinhosamente cohecido como Zoreia, um dos homens mais campeiros deste Rio Grande. O flagrante é um retrato, talvez único, onde aparece Baiano Candinho (o penúltimo sentado a direita). Tal chapa, segundo a saudosa avó do Marco Aurélio, foi por ocasião de uma eleição. O que podemos concluir, é que estas pessoas (reparem as vestimentas) faziam parte do famoso Esquadrão Josaphat durante a Revolução Federalista aonde Candinho era o grande líder na região de Três Forquilhas. Tal foto faz parte do acervo do Marco Aurélio.

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

sábado, 8 de julho de 2017

DESCASO COM A CULTURA

 
 
Claudio Knierin, que foi diretor do IGTF na gestão de Rodi Borghetti, viu e fotografou um descaso com nossa cultura. Aliás, descaso com a cultura tem sido algo banal neste governo. Segundo Claudio um caminhão estava sendo carregado com o acervo do Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore, entidade recém extinta, e peças de valor histórico eram tratadas como lixo. Eis o que o ex-funcionáio postou nas redes sociais:  
 
"É urgente. Trabalho no Centro Administrativo do Estado e percebi que estão removendo o acervo da extinta Fundação IGTF sem o menor critério técnico, isto é, com acompanhamento de arquivistas e museólogos.

Encontrei originais em papel vegetal do grande artista Edison Acri, roteirista, cenógrafo, figurinista de inúmeros filmes brasileiros e gaúchos, como "Negrinho do Pastoreio", "Pára Pedro", "Não Aperta, Aparício" etc..., junto ao lixo.

Parte da correspondência de 1976 com argentinos e uruguaios eu retirei da lata do lixo. É a nossa história que está se perdendo."
 
 Resta que alguém encarregado por tal "mudança" se manifeste em relação ao citado acima.