RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
26º RONCO DO BUGIO (1 e 2 Setembro) - PRAZO DE INSCRIÇÕES DIA 28 DE JULHO

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

COMEÇA HOJE A 33ª CAVALGADA DO MAR


Um dos acontecimentos mais importantes do calendário de eventos que resgatam e preservam o gauchismo no Rio Grande do Sul tem início em sua 33ª edição, hoje, em Dunas Altas. Falamos da Cavalgada do Mar (que entrou para o Livro dos Recordes pelo número de participantes), uma atividade para a s pessoas que amam esta trilogia de gente, animal, natureza. Por uma questão de justiça não podemos esconder as dezenas de manifestações de protestos de ambientalistas contra a cavalgada que eles consideram como "judiaria" nos animais e a quantidade de dejetos deixados pelas praias.

A bem da verdade tal "judiaria" é meio controversa pois o gaúcho sempre tratou seu animal com estima e cuidado e sabemos que a fiscalização tem aumentado, entretanto, em qualquer lugar sempre tem as exceções. Quanto aos dejetos, existe um serviço de limpeza que acompanha a cavalgada, embora isto não garanta que a urina, por exemplo, se entranhe nas areias.   

Dia 17 concentração em DUNAS ALTAS (Palmares do Sul)
 
18/02 Dunas Altas - Pinhal
19/02 Pinhal - Cidreira
20/02 Cidreira - Tramandaí
21/02 Tramandaí - Imbé...
22/02 Descanso e Rodeio em Imbé
23/02 Imbé - Capão da Canoa
24/02 Capão da Canoa - Arroio do Sal
25/02 Arroio do Sal - Torres (encerramento)


BREVE HISTÓRICO DA CAVALGADA DO MAR
 
 
A criação da Cavalgada do Mar ocorreu, em outubro de 1984, através da iniciativa de João José de Oliveira Machado (O Machadinho), advogado da Prefeitura de Palmares do Sul, João Carlos Wender, interventor municipal de Tramandaí, e Ney Cardoso Azevedo, prefeito de Palmares do Sul. 

A 1ª Cavalgada do Mar foi realizada em 14/02/1985 e tinha aproximadamente 60 participantes. Os idealizadores buscaram apoio dos demais municípios do Litoral Norte Gaúcho, principalmente com relação à alimentação dos cavalarianos. Num trajeto de 240 Km de Palmares do Sul até Torres, ficou combinado que os integrantes da cavalgada passariam por todas as prefeituras, grandes e pequenas. 

Cabe salientar que Machadinho comandou da 1° a 4° edição. A partir da 5ª edição assumiu o comando o tradicionalista Vilmar Romera, indo até a 30ª edição, em 2014. Com a morte de Vilmar Romera o desembargador Bráulio Marques, ativo participante, assumiu as rédeas do evento. Contudo, em outubro de 2016, o ex-parlamentar gaúcho também foi andejar em outros planos. Ainda não tivemos informações de quem estará no comando da jornada de 2017, que começa hoje em Dunas Altas.