RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

TIRA O SOFÁ DA SALA



 
Relutei um pouco em fazer esta postagem pelo fato de não estar convicto sobre o que seria o melhor para duas instituições voltadas para a cultura de nosso Estado que chegaram ao fim. Acho que agora tomei posição.
 
Me refiro ao fechamento das Fundações do Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore e da TV Educativa  (incluindo a Rádio Cultura), por parte do governador José Ivo Sartori.
 
Na  verdade eu deveria estar espraguejando, maldizendo tal atitude do governante mas nem ânimo para isso eu tive, tudo em face de que, no meu pensar, tais fundações não vinham realizando as finalidades para as quais foram constituídas. 
 
No frigir dos ovos, há longos anos, estes departamentos culturais vinham servindo mais como cabide de empregos políticos do que qualquer outra coisa. Daí a minha relutância em defende-las.   
 
Para se ter uma ideia, o IGTF possui dois funcionários concursados e sete Cargos Comissionados (CCs) e o que percebemos, há várias gestões, é uma total inoperância. Contam que na TVE a coisa é ainda pior. Falta cadeiras para tantos funcionários. É sabido que muito desta inatividade é oriunda da falta de verbas e incentivos mas, de toda a forma, a criatividade que poderia driblar a crise não existe nestes setores.
 
Contudo, pensando mais a lo largo, chegamos a conclusão que a cultura não tem culpa se tais órgãos não atendem as proposições almejadas lá na sua criação.
 
E será que a economia com as extinções destas fundações será tão grande assim?
 
Acho que esta história toda está muito parecida com aquela do pai ciumento que manda tirar o sofá da sala para que sua filha não namore mais.