RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

quarta-feira, 29 de junho de 2016

REPONTANDO DATAS - 29 JUNHO



Em 29 de junho do ano de 1860 nasce, em Cruz Alta, Júlio Prates de Castilhos, Presidente do Estado do Rio Grande do Sul que exerceu influência singular sobre a política gaúcha. Redigiu praticamente sozinho a Constituição do Estado de 1891. O Castilhismo consolidou-se como corrente política e teve voz ativa por cerca de quarenta anos. Borges de Medeiros, sucessor de Castilhos, seguiu firmemente os ideais do mestre. No plano nacional, Getúlio Vargas procurou implementar o castilhismo no Estado Novo (1937 a 1945).

Em 29 de junho do ano de 1905 nasce, em Santa Maria, Pedro Luiz Botari, padre, poeta e escritor singular, que teve como grande obra a edição do livro O Gênio do Pampa.
Em 29 de junho de 1906 nasce, em Imaruí, SC, Pedro Raymundo, compositor, cantor e instrumentista, filho do pescador e sanfoneiro João Felisberto Raimundo. Pedro Raymundo (que hoje estaria completando 110 anos) foi um dos precursores da música regionalista do Rio Grande do Sul e serviu de exemplo a dezenas de artistas gaúchos como, por exemplo, os Irmãos Bertussi, bem como ao sanfoneiro Luiz Gonzaga.

Em 29 de junho do ano de 1942 nasce, em Pontão de Santa Maria, São Luiz Gonzaga, o cantor e compositor Pedro Ortaça, considerado, ao lado de Jayme Caetano Braun, Cenair Maicá e Noel Guarany, um dos Troncos Missioneiros


Em 29 de junho de 1957 nascia a Estância da Poesia Crioula, a Academia Xucra do Rio Grande.