RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

TRADICIONALISMO NAS ESCOLAS DE POA


É PROJETO DE LEI APRESENTADO POR VEREADOR DA CAPITAL
 
A partir da noticia da aprovação em Canoas-RS  de lei de  inclusão da Cultura Tradicionalista na grade curricular das escolas municipais de Canoas tomamos a liberdade de mandar como sugestão para todos os vereadores de Porto Alegre o projeto aprovado em Canoas e tivemos a  sensibilidade  da visão histórica social e cultural do Vereador Marcio Bins Ely em apresentar um projeto semelhante em Porto Alegre.
O Pll 006/16 apresentado no dia 05/02/16,  poucos dias a partir da nossa sugestão e ao qual apresentamos abaixo serve como partida para a discussão de tão importante assunto na Capital dos Gaúchos.
O  projeto como nos disse o assessor do Vereador Bins Ely, Sr.  Leonardo poderá ser melhorado a partir de sugestões dos tradicionalistas de Porto Alegre.
Agradecemos ao Vereador Marcio Bins Ely pela compreensão da relevância em apresentar um projeto  sobre o assunto em questão. 
Paulo Guimarães
Tradicionalista
 
Projeto de Lei 006/16 de Porto Alegre
Inclui o ensino de Cultura Tradicionalista no currículo de ensino nas escolas da rede municipal de Porto Alegre.
Art. 1º  Fica incluído conteúdo de Cultura Tradicionalista nas aulas ministradas nas escolas da rede municipal de ensino.
§ 1º A matéria deverá conter elementos sobre história, artes, poesia, música, folclore, hábitos, costumes.
Art. 2º  Esta Lei entra em vigor na data de início do ano letivo seguinte ao de sua publicação, conforme calendário da rede municipal de ensino.
 
Exposição de Motivos
 
A inserção da disciplina de Cultura Tradicionalista pode provocar inúmeras mudanças positivas no comportamento dos jovens alunos da capital dos gaúchos, pois estimularia nestes a prática pelo cultivo da cultura de nosso estado, um sentimento belo e honroso, como o carinho e a admiração por nossa terra.
É comprovado, que o tradicionalismo além de fatos passados e históricos importantíssimos, é também construção de um futuro glorioso, embasado no que de mais belo nosso Rio Grande do Sul possui, nossas tradições.
Enfatizando, que o Tradicionalismo se baseia no Folclore, na Sociologia, na Arte, na Literatura, no Esporte, na Recreação entre os diversos outros embasamentos que servem de intermédio para que seja possível alcançar os fins tradicionalistas.
Promovendo tal disciplina nas escolas municipais tais jovens seguirão os passos da tradição, e seguirão os passos movidos pelo impulso que a educação lhes ministrar, uma vez que tendo tal ensino como matéria escolar a criança e adolescente terá seus hábitos, valores e reações emocionais diferenciados, carregados da cultura rio-grandense.
São estas as razões pelas quais apresento o presente projeto de lei com o escopo de promover e fomentar o ensino da Cultura Tradicionalista na cidade de Porto Alegre, para tanto, peço o apoio dos nobres pares deste Parlamento Municipal para a aprovação da presente proposição. 
 
Vereador Márcio Bins Ely