RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
Realmente, o assunto Baiano Candinho despertou grande interesse em nossos leitores. Olhem só a verdadeira relíquia que nos chega através do meu amigo e parceiro de cavalgadas Marco Aurélio Angeli, carinhosamente cohecido como Zoreia, um dos homens mais campeiros deste Rio Grande. O flagrante é um retrato, talvez único, onde aparece Baiano Candinho (o penúltimo sentado a direita). Tal chapa, segundo a saudosa avó do Marco Aurélio, foi por ocasião de uma eleição. O que podemos concluir, é que estas pessoas (reparem as vestimentas) faziam parte do famoso Esquadrão Josaphat durante a Revolução Federalista aonde Candinho era o grande líder na região de Três Forquilhas. Tal foto faz parte do acervo do Marco Aurélio.

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

REPONTANDO DATAS / 28 JANEIRO



Num dia 28 de janeiro, do ano de 1916, morria em Porto Alegre o jornalista, médico, político e escritor Ramiro Fortes Barcellos, de cognome Amaro Juvenal,  autor da célebre obra Antônio Chimango, um poemeto campestre, escrito entre 1910 e 1915, que criticava através de versos satíricos seu primo e inimigo político Antônio Augusto Borges de Medeiros, então governador do Estado.