RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
Bandeira do Rio Grande hasteada na chaminé de 92 metros do Shopping Total em Porto Alegre. Foto: Divulgação Shopping Total.

quarta-feira, 2 de novembro de 2022


FINADOS  

UM DIA DE REVERÊNCIAS 


 
 
Hoje é um dia de reverências, de pedir pela alma de nossa gente, de nossos amigos que já partiram para um plano superior. Tenho uma balda comigo. Quando sinto vontade de prosear com meu pai e minha mãe e a parceirada que já se foi, o faço no meu silêncio. Não espero o dia 02 de novembro. Contudo, o Dia dos Fiéis Defuntos ou Dia de Finados, (conhecido ainda como Dia dos Mortos no México), é celebrado pela Igreja Católica sempre no dia 2 de novembro. 

Desde o século II, alguns cristãos rezavam pelos falecidos, visitando os túmulos dos mártires para orar pelos que morreram. No século V, a Igreja dedicava um dia do ano para reverenciar todos os mortos, pelos quais ninguém rezava e dos quais ninguém lembrava.
 
Também o abade de Cluny, Santo Odilon, em 998 pedia aos monges que orassem pelos mortos. Nos séculos XI os Papas Silvestre II (1009), João XVII (1009) e Leão IX (1015) obrigavam a comunidade a dedicar um dia aos mortos. No século XIII esse dia anual passa a ser 2 de novembro, porque 1 de novembro é a Festa de Todos os Santos. A doutrina católica evoca algumas passagens bíblicas para fundamentar sua posição (cf. Tobias 12,12; Jó 1,18-20; Mt 12,32 e II Macabeus 12,43-46), e se apoia em uma prática de quase dois mil anos.