RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
Bandeira do Rio Grande hasteada na chaminé de 92 metros do Shopping Total em Porto Alegre. Foto: Divulgação Shopping Total.

domingo, 2 de maio de 2021

CAUSOS DE GALPÃO

 

Enfim, domingo, dia de mais um Causo de Galpão. Desta vez trazemos aos nossos leitores a história (ou seria estória?) intitulada A NADADORA. 



O Mello Henrique Guerreiro, mais conhecido como Melinho, um taura tosco nascido em E’mbororé e criado lá por Itaqui, na costa do Rio Uruguai, conheceu a Merenciana numa bailanta de ramada, no contra-forte das missões, lá onde, nas ressolanas de inverno, velho crê que é moço terno. Apaixonou-se a primeira vista e, antes que fechasse a cordeona, na última rancheira do bailongo, já propôs casamento á moça. Ela, entre contente e indecisa, ponderou:

- Mas não sabemos nada um sobre o outro!

Ele, enxugando o suor do rosto com as pontas do lenço maragato, respondeu:

- Não tem problema, índia velha, vamos nos aclimatando. Nos conheceremos com o passar do tempo...

Ela, vendo o Melinho como um palanque de nhanduvá, torto, mas de confiança, concordou.

Ataram a carreira e ao cabo de uma semana já estavam acolherados no rancho do Melinho, na beira do Arroio Pedra Lisa, numa paixão desenfreada.

Certo fim de tarde estavam se refrescando no poço da cascata do arroio quando o Mello resolveu mostrar suas habilidades. Subiu num galho de árvore que adentrava até o meio do poço e realizou uma perfeita demonstração de todos os saltos que aprendeu desde os tempos de piazote. Depois, voltou para junto da nova esposa que exclamou:

- Isto foi incrível.

Ele, que nunca havia saído de sua região fronteiriça, arrematou apalpando o vasto bigode:

- Fui campeão olímpico de saltos ornamentais. Eu não te disse que nos conheceríamos com o tempo?!

Nisso, ela põe-se a nadar e atravessa o arroio, de forte correnteza e de larga extensão, braceando com perfeição e impressionante velocidade.

Depois de mais 30 idas e vindas ela sai da água e vai recostar-se junto ao marido, sem demonstrar nenhum cansaço.

O Melinho boquiaberto e com olho de sapo balbuciou:

- Estou surpreso! Foste nadadora olímpica?

- Não, explicou Merenciana que, já se sabia, era uma prenda viajada. Fui Mulher da Vida em Veneza e atendia a domicílio...


Causo recolhido por: Léo Ribeiro
Foto: Maurício