RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
Bandeira do Rio Grande hasteada na chaminé de 92 metros do Shopping Total em Porto Alegre. Foto: Divulgação Shopping Total.

terça-feira, 13 de abril de 2021

OS FESTIVAIS NATIVISTAS

 

PÓS PANDEMIA



O setor de entretenimento é um dos mais afetados pela pandemia do Coronavirus. São diversos os relatos de músicos trabalhando em outras atividades e até mesmo vendendo seus instrumentos para conseguir sobreviver. As leis que distribuem verbas ajudam, mas não atingem a 20% da categoria além de serem burocráticas e inacessíveis para muitos. Preencher um edital requer prática e habilidade.

Com o advento da vacina e o provável retorno de uma vida mais parecida com a normalidade as pessoas ligadas aos eventos musicais ficam a imaginar, ao cabo, como reagirão os festivais nativistas.

Vou depositar minha opinião:

Penso que é uma categoria que voltará mais forte, mais organizada. As dezenas de festivais realizadas sem a presença de público neste período serviu para manter o nome do evento em evidência, mas falta a emoção, o calor humano, a expectativa, a convivência dos participantes, o envolvimento da comunidade local, e até as reclamações costumeiras.

Há setores, como os bailes (que já vinham rengueando antes da pandemia), que terão um regresso mais lento. Os festivais não. 

Acho que, pelo entusiasmo guardado há mais de ano, voltarão com muita força. Há muita criatividade represada.