RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
Bandeira do Rio Grande hasteada na chaminé de 92 metros do Shopping Total em Porto Alegre. Foto: Divulgação Shopping Total.

domingo, 7 de março de 2021

ONZE ANOS SEM LEONARDO

 


Sepultamento de Leonardo / Foto: Léo Ribeiro

 
 
Aos 5 min do dia 07 de março de 2010 morria o cantor regionalista Jader Moreci Teixeira, 71 anos, conhecido artisticamente como Leonardo. Ele faleceu no Hospital de Viamão onde estava internado para controlar uma queda de pressão. Após exames clínicos, os médicos detectaram problemas renais que o obrigaram a sessões de hemodiálise. Após uma dessas sessões, Leonardo teve uma parada cardíaca e entrou em coma induzido. Na madrugada de sábado para domingo ele não resistiu às complicações renais e três paradas cardíacas. 
 
Leonardo era natural de Bagé e começou sua carreira artística trabalhando em circo na função de palhaço, fato de que se orgulhava muito. Autor de vários sucessos da música gaúcha entre elas, Céu, Sol, Sul, Terra e Cor, Tertúlia, Viva a Bombacha, O Homem do Pala Branco, entre outros. Foi um dos maiores compositores do Rio Grande do Sul.

 Tive a honra de ser seu amigo, Irmão de uma Ordem Maior e parceiro de piquete (Fraternidade Gaúcha). Um dos maiores orgulhos que trago, e que sempre levarei comigo, é o colete gaúcho do Leonardo que me foi entregue por seu filho Jader Moreci Teixeira Filho, na Assembleia Legislativa do Estado, por ocasião da Terceira Tertúlia Maçônica da Poesia Crioula.