"TEU PRESTÍGIO É PROPORCIONAL A TUA CONDUTA"

Léo Ribeiro


RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
Desenho: Léo Ribeiro de Souza

domingo, 12 de julho de 2020

O VALOR DE UM NOVO DIA

Por: Léo Ribeiro de Souza 





 
Ao deitar eu nunca pensei
que aquele sono profundo
ia ser meu derradeiro
fechar de olhos no mundo.
Iria pular do catre   
no clarear das sesmarias  
e jamais agradeci  
por ganhar um novo dia.   

Sentir o sopro do vento,
o sol entrando nas frestas,
andar livre por aí
chapéu tapeado na testa.
Terra, gente, criação,  
vida pulsando em quantia
e jamais agradeci
por ganhar um novo dia.  

Já deixei meu pala em tiras
em brigas, tiros, pontaços,
me julguei por imortal
costa quente, peito de aço.
Sempre com bóia na mesa,  
água limpa na bacia
e jamais agradeci
por ganhar um novo dia.  

No inverno, nas enchentes
dos rios saindo da caixa
pra ajudar desabrigados
eu "remangava" as bombachas.
Perdiam tudo que tinham
só a fé permanecia
e jamais agradeci
por ganhar um novo dia.   

Hoje, de cabelos brancos,
pra existência eu dou valor
botei no meu dicionário
"obrigado" e "por favor".
Vivo tudo intensamente,
do pranto faço poesia
e agradeço quando acordo
por ganhar um novo dia.