"TEU PRESTÍGIO É PROPORCIONAL A TUA CONDUTA"

Léo Ribeiro


RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA

domingo, 17 de novembro de 2019

AOS POETAS ESQUECIDOS


Serra do Pinto, aberta em 1943


Quando alguém me adjetiva de poeta eu sempre digo que TODOS NÓS temos um "que" de versejador. O que falta é colocar no papel os pensamentos.
Pois agora chega em minhas mãos um poema escrito em 1943, feito por um homem humilde, morador da velha e legendária Aratinga, lugar onde passei minha infância, o saudoso Beto Laurindo, que tomava seguidamente seus tragos (e vez em quando peleava) na bodega de meu pai.
Ele foi um dos tantos que ajudaram na abertura da Serra do Pinto, hoje a conhecida Rota do Sol, e descreveu em versos esta aventura de abrir picada no mato fechado, serra abaixo.
O poema está em sua autenticidade, sem correções ortográficas.


RODEIO DOS MACACOS

Romance sobre a abertura da Serra do Pinto em agosto de 1943 - por Beto Laurindo.
 

A dizesete de agosto
o rigoroso trabalho
trabalho amarrado
que deste tombo não caio
avemo abrir a serra
se não over atrapaio
esse simples capataz
passará o rio dos Carvaio.   

Primeira curva barata
segunda o maitá
temo a curva do pinto
temo muito pra cortá
curva do Duca Mengue
esta não pode ficá
tem a curva do Teixeira
e pedra de arrebentá.   

Tem a curva da lagoa
esta é da tambezera
a curva do Calisto
esta é muita pedreira
curva rodeo taquara
curva do João Liveira
curva rodeu dos macaco
numa enorme cachoeira.   

Tem a curva do Ponpeo
esta não tinha limite
para fazer esta curva
foi mil e tanto namite
dia sete o chefe vem
tivemos o bom palpite
quem sabia disto tudo
foi o Redozinho Vite.  

Saimo na serra velha
com toda satisfação
esperando nosso chefe
passando de caminhão
dia sete de setembro
dia de nossa pachão
os chefe de São Francisco
nesta mesma ocasião.  

Saimo na estrada velha
e viremo a direção
vamo para os macaco
vamo ver a carniação
tem um boi e tres carnero
e mais umas criação
o valo com trinta metros
para esta asação
foi uma mesa bonita
para quem deu atenção. 

Festa na Serra do Pinto
entre tantas freguesias
povo de treis municípios
encluzive treis Forquilhas
e todos trabalhadores
que tinham na companhia. 

Também foram os alunos
na frente do barracão
na ora do churrasco
para sua refeição
ali churrasquiaro
todos numa união
foi uma mesa bonita
para esta começão. 

Os coitados dos turmeros
do tempo da exploração
do ano quarenta e treis
a serra na cavação
até sete de setembro
passamo de caminhão
doze curva pra passar
São Francisco a Conceição.

 
poesia original