"TEU PRESTÍGIO É PROPORCIONAL A TUA CONDUTA"

Léo Ribeiro

RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
Óleo sobre tela do artista plástico argentino Carlos Montefusco

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

sábado, 5 de janeiro de 2019

A MENSAGEM DE PAIXÃO CÔRTES


 

Estamos em plenas festividades natalinas, segundo a mais pura religiosa tradição gaúcha, que vai de 25 de dezembro a 06 de janeiro, ou seja, da comemoração religiosa mais antiga do folclore gauchesco, que vem de 1750 (herança Açorita) e está bem viva aos dias atuais através dos verdadeiros tradicionalistas.

No ano passado, neste dia 05 de janeiro, nosso blog recebeu a seguinte mensagem do já saudoso folclorista Paixão Côrtes:    
Festeja-se o nascimento de Cristo, data de maior cristandade universal, com a chegada dos Reis Magos junto ao presépio, onde nasceu Jesus na manjedoura, segundo a Bíblia, tendo como seguimento a Estrela Guia que iluminou os caminhos à Belém.
Assim cantando de rancho em rancho, residência em residência, de Centro de Tradições à irmandade tradicionalista, nosso festejo dos Ternos de Reis, lembram esse cenário despido de neve, renas, trenós, e pinheirinhos coloridos, de desenhos e figuras caricatas não cristãs, ausência de mercantilização de presentes e comercialização de fúteis objetos, e desumanas atitudes.
Assim, O Terno de Reis com o Mestre, o Contra mestre, o Ajudante de contra mestre e o “tipi” festejam a tradição gaúcha.
Ainda hoje, em dezenas de municípios do nosso Estado, os reses são cantados ao som da gaita, do violão, da rabeca, do tambor e do triângulo.
J. C. Paixão Côrtes