RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

quarta-feira, 26 de julho de 2017

ATENÇÃO !!!



Buenas amigos!!

Estou começando um novo projeto em busca de uma sonoridade um pouco mais antiga ou mais moderna??!! Ainda não sei, e por isso convido a todos para descobrirmos esse som juntos no "Baile do Maia" onde vamos tocar, ouvir e dançar a boa música instrumental de várias épocas produzida aqui no sul do Brasil.

Sempre achei interessante o som que ouvia nos primeiros discos do Pedro Raymundo, Os Bertussi, Conjunto Farroupilha, Os Serranos, gravados dos anos 40 até os anos 70, época em que as gravações eram feitas no eixo Rio-São Paulo, antes das definições sobre o que é música gaúcha ou não!! 

Era uma época em que a nossa música soava mais brasileira, acredito que por conta dos "Regionais" das gravadoras ou das rádios que, sem barreiras, permitiam que os músicos da época, geralmente ligados ao choro e samba no Rio e a música caipira e modas de viola em SP, imprimissem sua visão e seu sotaque sobre a música produzida pelos artistas gaúchos. 

A vaneira era o "choro campeiro", o chote era mais universal, a milonga era seresteira, a toada era quase um bolero bem lento,o chamamé ainda não tinha se aquerenciado por aqui, as marchas, as valsas e tantos outro ritmos soavam bastante diferente de como se escuta hoje!! 

Acompanhado de um super time: Miguel Tejera (baixo acústico), Matheus Alves (violão 6 cordas), Luis Arnaldo (cavaco), Giovani Berti (percussão ) e Sandro Bonato (bateria), vamos começar essa viagem no tempo mesclando essa gama de instrumentos ao som do meu Acordeon, gaita ou sanfona e ver qual o resultado

A primeira edição do baile vai ser dia 2 de agosto no "Espaço Maestro" as 21h na zona sul de Porto Alegre um lindo espaço dedicado a todas as artes na rua Dr. Barcelos 570.

 Espero todos que tenham curiosidade de descobrir velhos e novos sons!! Abraço!!!!
 
Luciano Maia