RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
26º RONCO DO BUGIO (1 e 2 Setembro) - PRAZO DE INSCRIÇÕES DIA 28 DE JULHO

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

sexta-feira, 14 de abril de 2017

SEXTA-FEIRA DA PAIXÃO


 
Sexta-Feira Santa, ou Sexta-Feira da Paixão, é a sexta-feira antes do Domingo de Páscoa. É a data em que os cristãos lembram o julgamento, crucificação, morte e sepultura de Jesus Cristo.

Segundo a tradição cristã, a ressurreição de Cristo aconteceu no domingo seguinte ao 14º dia do calendário hebráico. Assim contando, chega-se a sexta-feira como dia da morte de Cristo.

A Sexta-Feira Santa é um feriado móvel que serve de referência para outras datas. É calculado como sendo a primeira sexta-feira de lua cheia após o equinócio de outono no hemisfério sul, ou o equinócio de primavera no hemisfério norte, podendo ocorrer entre 22 de março e 25 de abril.

Na igreja católica, este é o mais importante período do ano litúrgico. Toda ritualística e liturgia católica está em função de Cristo Crucificado.

Em várias partes do Brasil e do mundo a celebração da Paixão e Morte do Senhor é acompanhada de Procissão do Enterro, também conhecida como Procissão do Senhor Morto. Em Porto Alegre, em direção ao Morro da Cruz, se refaz a Via Sacra de Cristo.

A igreja exorcisa os fiéis a que neste dia se observem alguns sinais de penitência, assim, convida-os a prática de jejum e de abstinência de carne, além de muita oração.

Lembro que em meus tempos de menino, na Sexta-Feira Santa, as crianças eram proibidas de correr, de gritar, caso contrário apareceria o "demo". Os adultos não tiravam leite, não varriam casa, enfim, era um dia de reclusão e venerança.