RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
José Luis dos Santos - 1934 - 3º Distrito de Cruz Alta

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

segunda-feira, 27 de março de 2017

MORRE UM SÍMBOLO DO RIO GRANDE


Morreu hoje, em Natal, Rio Grande do Norte, um dos últimos baluartes do tradicionalismo autêntico do nosso Estado. Falamos em Waldemar Alchieri, uma legenda, pioneiro nas cavalgadas, nas lojas de pilchas, na nossa tradição quando ela ainda gatinhava.  

 
Em abril de 2012 nosso blog fez a seguinte postagem sobre esta figura que era um moirão de angico da tradição Gaúcha:
 
Dentre àquelas pessoas que labutaram para que nosso tradicionalismo alcançasse o patamar que hoje ostenta, podemos considerar Waldemar Alcheiri, conselheiro do MTG e proprietário da Loja de Pilchas Alchieri, como uma lenda viva do nosso tradicionalismo. Seu Alchieri, como é conhecido, é um dos primeiros membros do MTG. Em sua carteirinha ostenta, com muito orgulho, no número 005! Sendo que, antes dele, há apenas um associado vivo (figuras como Paixão Cortes não entram nesta numeração).
 
Foi, também, o pioneiro em diversas atividades tradicionalistas como: a primeira Invernada Xiru; as primeiras cavalgadas (a 1ª Cavalgada da Paz saiu do Rio Grande do Sul indo até o Chile); o primeiro a confeccionar bombachas em Porto Alegre, em uma época em que andar pilchado pela cidade era “coisa de grosso”. Também foi o primeiro a confeccionar faixas de prenda além de diversas outras atividades.
 
Sua loja localizada na Av. Voluntários da Pátria, 825, sempre foi referência de qualidade em indumentária, principalmente em confecções sob medida como bombachas e vestidos de prendas, mas o diferencial desta loja está no atendimento direto do seu Alchieri e sua esposa “tia” Ana Alcheiri. A gente nunca sai daquele ambiente sem ouvir belas histórias sobre o tradicionalismo, sobre suas andanças, e também sobre temas bem atuais, pois ainda estão em plena atividade, tanto na loja quando no MTG e CTGs que freqüentam semanalmente. Mesmo beirando os 80 anos não perdem as reuniões do conselho, e atividades dos CTG 35 e CTG Vaqueanos da Tradição dos quais são membros ativos.
 
Sua participação na nossa cultura foi fundamental para sua estruturação e disseminação, tendo participado ativamente da construção de CTGs como Rancho da Saudade, ao qual é sócio benemérito, CTG Aldeia dos Anjos, CTG Tiarayú e tantos outros que surgiram nestes mais de 40 anos.