RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
Realmente, o assunto Baiano Candinho despertou grande interesse em nossos leitores. Olhem só a verdadeira relíquia que nos chega através do meu amigo e parceiro de cavalgadas Marco Aurélio Angeli, carinhosamente cohecido como Zoreia, um dos homens mais campeiros deste Rio Grande. O flagrante é um retrato, talvez único, onde aparece Baiano Candinho (o penúltimo sentado a direita). Tal chapa, segundo a saudosa avó do Marco Aurélio, foi por ocasião de uma eleição. O que podemos concluir, é que estas pessoas (reparem as vestimentas) faziam parte do famoso Esquadrão Josaphat durante a Revolução Federalista aonde Candinho era o grande líder na região de Três Forquilhas. Tal foto faz parte do acervo do Marco Aurélio.

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

REPONTANDO DATAS / 12 DE OUTUBRO


 
Num dia 12 de outubro, do ano de 2005, morria O grande poeta, músico e compositor Luiz Menezes, um baluarte da cultura regional gaúcha. Luiz Menezes nasceu em Quaraí, no dia 20 de maio de 1922. Filho de Franklin Menezes e Carlota Carvalho de Menezes, foi um dos maiores nomes do regionalismo gauchesco e deixou clássicos como a valsa Última Lembrança e a canção Piazito Carreteiro, em 1954, além de inúmeras poesias como a inesquecível Tropa Amarga, que deu título a um LP. Foi o precursor de diversos programas de rádio onde iniciou em 1952 a convite do poeta gauchesco Lauro Rodrigues, com o programa Campereadas, além de escrever e participar de peças de rádio-teatro. Apresentou programas de televisão na TV Piratini e TV Bandeirantes. Juntamente com Indio Sepé e o "Xiru", botou em prática o que hoje é o Acampamento Farroupilha, no Parque da Harmonia.