RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
26º RONCO DO BUGIO (1 e 2 Setembro) - PRAZO DE INSCRIÇÕES DIA 28 DE JULHO

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

segunda-feira, 4 de julho de 2016

TOCHA OLÍMPICA NO RIO GRANDE DO SUL


Como era de se esperar, a Tocha Olímpica, que adentrou ontem m nosso Estado, em diversos lugares será acompanhada por manifestações culturais relativas a tradição gaúcha. É mais uma forma de mostrar ao mundo nosso telurismo, ou seja, a influência que o solo rio-grandense exerce sobre seu povo. Ontem, em Erechim, além de um grupo de cavalarianos acompanharem parte do trajeto da Tocha, a mesma foi carregada por Chiquito (do grupo Chiquito e Bordoneio) que, no encerramento, tocou ao lado de seu irmão Gildinho (Os Monarcas) o hino oficial da cidade, Erechim, História e Canto.   

Cavalarianos escoltaram a Tocha Olímpica em Erechim
 
Depois de percorrer milhares de quilômetros por todos os estados brasileiros, a tocha dos Jogos Olímpicos Rio 2016 chegou ao Rio Grande do Sul neste domingo. Vinda de Santa Catarina, a chama olímpica desembarcou em Erechim, no Norte do estado, por volta das 16h30. O ex-goleiro Gilmar Rinaldi, prata na Olimpíada de 1984, em Los Angeles, foi o primeiro condutor da chama pelas ruas da sua cidade natal.
 
Durante a estadia no município, a chama percorreu cerca de quatro quilômetros pelas ruas da cidade, passando pela mão de outros 21 condutores. A população de Erechim aproveitou o domingo de tempo bom e foi às ruas acompanhar o revezamento, que contou com outras atrações como os jogos escolares, tradicionais na cidade.

De Erechim, a chama seguiu para Passo Fundo, um dos municípios em que o símbolo olímpico irá pernoitar (junto com Santa Maria, Pelotas, Porto Alegre e Caxias do Sul). Lá, 35 pessoas vão conduzir a chama, entre eles o ex-tenistas Marcos Daniel e ex-jogador de vôlei Gustavo Endres, medalha de ouro nos Jogos de Atenas-2004 e prata em Pequim-2008. 
 
No Rio Grande do Sul, o fogo olímpico percorrerá 28 municípios entre domingo (3) e sábado (9). O símbolo irá percorrer 2,5 mil quilômetros por terra, ar e água, passando por Erechim, Passo Fundo, São Miguel das Missões, Santo Ângelo, Ijuí, Cruz Alta, Encantado, Lajeado, Santa Cruz do Sul, Santa Maria, São Sepé, Caçapava do Sul, Canguçu, Rio Grande, Pelotas, São Lourenço do Sul, Camaquã, Guaíba, Porto Alegre, Canoas, Esteio, Novo Hamburgo, Gramado, Canela, Nova Petrópolis, Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Torres. 
 
Crédito/ Jornal Boa Vista