RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA
José Estivalet declamando na Tertúlia Maçônica da Poesia Crioula

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

segunda-feira, 28 de março de 2016

LIVRARIA MIRAGEM


SE DESTACA ENTRE AS BIBLIOTECAS DO MUNDO
 
Livraria Miragem, em São Francisco de Paula
 
Texto dos Administradores do Site Bibliotecas do Mundo
 
No dia 19 de março de 2016, os administradores da página Bibliotecas do Mundo conheceram a Livraria Miragem, no município de São Francisco de Paula, Rio Grande do Sul, uma cidade pequena, com pouco mais de 20 mil habitantes. Possui paisagens muito bonitas, como o maravilhoso lago São Bernardo, e seu povo é simples e acolhedor.

A livraria, fundada por Luciana Olga Soares, professora aposentada, tornou-se mais uma atração turística na cidade. São três andares de encanto, com livros de quase todos os assuntos, objetos antigos, espaços para leitura, galerias de arte. Possui também ambientes específicos: ala infantil, sebo e sala de literatura gaúcha e municipal. A arquitetura é rústica e elegante, por dentro e por fora, e todos os ambientes são decorados com muito capricho. Objetos antigos enfeitam e embelezam quase todo o espaço. Anexa, existe a Casa de Chá, que não estava funcionando no momento, e, nos fundos, foi construída uma sala de eventos.

O espaço por si já fala muito sobre quem o fundou. A paixão e o carinho pelos livros e pela História são visíveis desde a entrada. Vale muito a pena conhecer.
 
A proprietária Luciana Soares, e este blogueiro,
num dia de visita a Livraria Miragem  
 
Soneto a Livraria Miragem
(Léo Ribeiro)

Lúdica paisagem, ilusão da mente,
és tu, miragem, ao sofrido olhar.
Falso oásis no deserto quente,
irreal navio na vastidão do mar.

Mas pra nós, serranos, Miragem é vida,
não é um fruto da imaginação.
Pode ser tocada, pode ser sentida
e, por bela, prende a nossa visão.

É o lar dos livros, casa de cultura,
querência das artes de essência pura,
altiva e nobre, com cheiro de terra.

É a nossa origem materializada,
é a nossa história sendo recontada,
é assim Miragem, no altar da serra.