RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA

COMEÇANDO A LIDA BLOGUEIRA COM:

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

RECUERDOS MUSICAIS - PARTE I


OS TAPES 


Conjunto vocal e intrumental criado em 1971, na cidade de Tapes, Rio Grande do Sul e integrado pelos músicos Cláudio Boeira Garcia, (Flauta, composição e violão); J. Waldir S. Garcia ( Violão, viola, flauta solo, vocal); Beto (Bombos); Acy T. Vieira (Viola, violão, vocal solo); Jorge L. Ferreira (Violão, flauta composta, vocal); Darcy (Acordeon e percussão); Tuio (Taquareira e tumbaquara) e Zezé (Percussão e flauta solo), todos com idades em torno dos 18 e 20 anos, quando da formação do grupo, e residindo na cidade natal, onde desenvolveram seu trabalho, situada a 100 Km de Porto Alegre, com, então, cerca de 7 mil habitantes. Seguindo carreira de professores e funcionários públicos, pagaram do próprio bolso a reforma do teatro local, no qual organizaram apresentações e festas populares. Numa dessas apresentações, foram descobertos pelo produtor Marcus Pereira que, em viagem de pesquisa e mapeamento musical pelo sul do país, os viu e reconheceu neles o talento. "Até então, os rapazes do grupo, segundo as palavras do próprio Marcus Pereira, Vinham se recusando a aceitar propostas de gravação, pois envolviam concessões ao que se convencionou  chamar de música comercial. "Os Tapes" não estavam interessados, como não estão, em ganhar dinheiro a custa do sacrifício das suas convicções sobre a música popular do Brasil. Como nós também não estamos, "Os Tapes" aceitaram nosso convite, pegaram um Ita aéreo no sul e vieram gravar o primeiro disco que documenta o trabalho do grupo ao longo de quatro anos". Esse disco, lançado em 1975, pelo selo Marcus Pereira, foi intitulado de "Canto da gente" e contou com produção da pesquisadora Carolina Andrade.