"TEU PRESTÍGIO É PROPORCIONAL A TUA CONDUTA"

Léo Ribeiro


RETRATO DA SEMANA

RETRATO DA SEMANA

domingo, 5 de dezembro de 2021

UMA ÓTIMA NOTÍCIA

 

Léo Ribeiro, Daltro Bertussi e Paulinho Siqueira.


Ontem, dia 04, estive proseando com o acordeonista Daltro Bertussi, filho do saudoso Honeyde Bertussi. Na oportunidade Daltro, que tocou com seu pai durante 6 anos (depois assumiu seu posto o gaiteiro Paulinho Siqueira), me externou que estão preparando algumas festividades para 2023 por ocasião do centenário de nascimento daquele que foi, para mim, o ícone dos artistas regionais e que teve enorme influência nos meus rumos para a cultura gaúcha. 

Dentre as programações que já começam seus esboços a partir de agora está a provável reedição do livro que fiz em homenagem ao meu conterrâneo e que tem por título Honeyde Bertussi, o Cancioneiro das Coxilhas. É uma obra toda em versos, com 306 sextilhas, retratando a sua vida artística. Lembro que comecei este trabalho ficando uns dias na casa do Honeyde em Caxias. Depois, ele datilografava suas histórias e me enviava pelo correio quando eu as transformava em versos. O livro, há muito, encontra-se esgotado.

Por ocasião do lançamento, no salão da AABB em São Francisco de Paula, há mais de 35 anos, ocorreu um fato interessante: Sem qualquer patrocínio, resolvi bancar a obra solito. Recém casado, com poucos pilas sobrando, minha esposa e eu fomos para a ponta do lápis e vimos que daria para convidar e servir uns salgadinhos com refrigerante para umas 30 pessoas. Fiz uma lista dos amigos mais chegados do Honeyde. Dentre estes o Seu Célio Santos da Fontoura. Ocorre que o Célio era radialista da Rádio Igreja, ou seja, um microfone e quatro alto-falantes instalados na torre da Igreja. "Rádia", esta, sempre pronta para noticiar fatos do município, principalmente mortes. 

Seu Célio, mal eu tinha lhe feito o convite para, no próximo sábado, participar do lançamento do livro, correu para a igreja e anunciou o quanto a goela dos alto-falantes permitia sobre a "grande festança" com a presença do Honeyde Bertussi. 

Resumo da história: centenas de pessoas, gente saindo pelo ladrão. Até cavalgada chegando dos quatro horizontes aconteceu. 

Baita festa, e os salgadinhos acabaram em 10 minutos. 


Vamos trabalhar numa edição remodelada para festejar o
Centenário de Nascimento de Honeyde Bertussi em 2023 



um recuerdo do dia do lançamento do livro